Ensino Fundamental
 Ensino Médio
 Ensino Superior
 Trabalhos de Alunos
 Matemática Financeira
 Estatística
 Biografias Matemáticas
 História da Matemática
 Laifis de Matemática
 Softwares On-line
 Softwares Matemáticos

 Shopping Matemático
 Videoaulas em DVD
 Softwares em CD
 Pacotes Promocionais
 Só Vestibular

 Só Exercícios
 Desafios Matemáticos
 Matkids
 Provas de Vestibular
 Provas Online

 Área dos Professores
 Comunidade
 Fóruns de Discussão
 Artigos Matemáticos
 Dicionário Matemático
 FAQ Matemática
 Dicas para Cálculos

 Jogos Matemáticos
 Mundo Matemático
 Histórias dos Usuários
 Curiosidades
 Absurdos Matemáticos
 Pérolas da Matemática
 Paradoxos
 Simulador da Mega-Sena
 Simulador da Lotofácil
 Piadas e Charges
 Charadas
 Poemas
 Palíndromos

 Indicação de Livros
 Símbolos Matemáticos
 Frases Matemáticas
 Matemática para o Enem
 Fale conosco

Busca geral

Pesquisa em todas as seções do site.


Gostou do site?

Recomende-o para um amigo.

Seu nome:

Nome do seu amigo:

E-mail do seu amigo:



Conjectura de Goldbach

Em matemática, uma conjectura é uma proposição que muitos matemáticos acreditam ser verdadeira, com base em presunções, evidências, pressentimentos, hipóteses, porém ainda não conseguiram prová-la.

 

A famosa conjectura de Goldbach é um dos problemas mais antigos não resolvidos da matemática. Foi proposta no dia 7 de junho de 1742 pelo matemático prussiano Christian Goldbach, em uma carta escrita para Leonhard Euler.


Carta escrita por Christian Goldbach em 7 de junho de 1742

 

A conjectura diz o seguinte:

Todo número par maior que 2 pode ser representado pela soma de dois números primos.

 

Por exemplo:

4 = 2+2
6 = 3+3
8 = 3+5
10 = 3+7 = 5+5
12 = 5+7
14 = 7+7
16 = 5+11
18 = 7+11
20 = 7+13

 

Esta proposição parece muito simples, certo? Mas o fato é que até hoje ninguém conseguiu demonstrá-la! Diversas verificações por computador já confirmaram a conjectura de Goldbach para os mais variados números. No entanto, a demonstração matemática nunca ocorreu.

 

Em 1995, o matemático francês Olivier Ramaré chegou ao resultado mais próximo apresentado até agora, provando que todo número par é a soma de, no máximo, seis números primos.

 

Existe uma variação chamada conjectura "fraca" de Goldbach, que diz o seguinte:

Todos os números ímpares maiores que 7 são a soma de três primos ímpares.

 

Ela recebe o nome de "fraca" porque a original (conhecida como conjectura "forte" de Goldbach), se demostrada, demonstraria automaticamente a conjectura fraca de Goldbach. Enquanto a conjectura fraca de Goldbach parece ter sido provada em 2013 pelo matemático peruano Harald Helfgott, a conjectura mais forte permanece sem solução.

 

Como referenciar: "Conjectura de Goldbach" em Só Matemática. Virtuous Tecnologia da Informação, 1998-2017 [consultado em 18/11/2017 às 08:19]. Disponível na Internet em: http://somatematica.com.br/curiosidades/c118.php

 

<< Voltar para curiosidades

 

Curta nossa página nas redes sociais!

 

Mais produtos

 

Sobre nós | Política de privacidade | Contrato do Usuário
Anuncie | Investidores | Sala de imprensa | Sugestões | Fale conosco

Copyright © 1998 - 2017 Só Matemática. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.